InfoFeiras
Série pontos turísticos da zona norte – Sítio Morrinhos

Série pontos turísticos da zona norte – Sítio Morrinhos

A zona norte de São Paulo é repleta de locais históricos e de entretenimento. Muitos deles são desconhecidos pela maioria dos paulistas, como é o caso do Sítio Morrinhos, localizado na Rua Santo Anselmo, no Jardim São Bento.

História

O Sítio Morrinhos é um conjunto arquitetônico composto pela casa sede, construída no início do século 18, e por diversas construções anexas datadas da segunda metade do século 19 do início do século 20.

Originalmente a casa sede foi construída para realizar diversas atividades rurais, como a fabricação de cerâmica, por exemplo.

Duzentos anos após sua construção, a propriedade foi levada a leilão pelo conde, por não conseguir pagar os seus credores, sendo comprada pela Associação Pedagógica Paulista, que representava o Mosteiro de São Bento.

Com isso, o sítio passou a ter uma nova função, servindo de chácara para descanso dos membros do mosteiro nos finais de semana. Após os anos 40, a propriedade foi renegociada e passou a pertencer a empresa Camargo Correia S/A, doou o local para a Prefeitura de São Paulo, que o transformou em espaço cultural.

Entretenimento

Além de ser uma grande obra arquitetônica, o sítio também abriga o Museu e Centro de Arqueologia de São Paulo, o local é dedicado às escavações e pesquisas científicas do Departamento de Patrimônio Histórico (DPH) de São Paulo. O acervo do museu chega a incríveis 1 milhão de peças e uma  área de atividades e uma biblioteca especializada em arqueologia.

Existe também um auditório que contém diversos equipamentos de áudio e imagem voltados para realização de palestras.

Todo o local é cercado de área verde, onde possui uma série de árvores frutíferas e ornamentais. O sítio é de grande relevância para a história da zona norte da capital, e é um excelente passeio cultural para fazer com a família e amigos.

O espaço também é bastante visitado por escolas, estudantes de arquiteturas e amantes da cultura.

Nada como turistar, né? Então anota aí esse ponto e marque o próximo tour!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *